• Ìyá Ṣọlà

SÉRIE: RITUAIS E O DESTINO - Texto 1 : Oráculos

Atualizado: há 2 dias






Inicio hoje uma nova série de textos em parceria com uma pessoa, que com certeza trará ainda mais edificação aos conhecimentos transmitidos pelo Meu Coração Africano.


No final deste texto, para não perder a linha de raciocínio, farei uma breve apresentação dele, mas sem dúvida ele é o brasileiro com a maior vivência e conhecimento de Ifá.


Uma base bem construída é a edificação de um cultuador de Orisa forte e vitorioso, sempre se lembre disso. Estabeleça bem suas metas, erga seu templo pessoal, esse que vive dentro de você, em uma base sólida e tenha certeza de que você poderá lograr de uma vida próspera em comunhão com os deuses que chamamos de Orisa.


Estes próximos textos falarão de rituais do culto aos Orisa que você possivelmente acredita conhecer bem os seus propósitos. Será que realmente conhece? Ou será que como a maioria do nosso povo, você ouviu um pouco aqui e outro acolá, mas nunca ninguém sentou para te explicar. Talvez haja algumas lacunas que não foram preenchidas e esta série de textos, irá permitir que você possa saber o que é e qual a finalidade daquilo que compõe a sua crença. Serão explicado vários rituais. Iniciaremos pela consulta oracular e iremos até rituais mais complexos.


Apaixone-se por esta série e acompanhe todas as publicações até o final. Fará toda a diferença na sua vida, seja você aspirante, aprendiz ou veterano.


Você se recorda, que sempre me refiro a esta vida como um grande jogo, desafio e/ou missão? Onde as tuas experiências e o que você faz com elas, são o centro deste certame? Agora imagine, que durante o desafio, você esteja em uma nova fase e um obstáculo tenha lhe feito perder o rumo, ou esteja tão grato aos resultados dos teus esforços que não quer correr o risco de se perder.


Os obstáculos podem ser a perda do emprego, uma separação, uma doença, a partida de alguém da sua vida ou qualquer situação que lhe tire do prumo. Pode ser também que desde o início, você não tenha encontrado o propósito e precise de uma orientação para começar a andar rumo ao seu progresso pessoal. Neste momento a Espiritualidade Yorùbá lhe oferece um recurso, chamado consulta oracular. Você que acompanha o Meu Coração Africano há 4 anos, já sabe que existem vários tipos de oráculos no culto dos Orisa, alguns bem populares e outros nem tanto:


  • Erindilogun/merindilogun (búzios) - Culto de Osun, Yemoja, Obatalá, Oyá, Sango...

  • Opele Ifá - Culto de Ifá

  • Ikin Ifá - Culto de Ifá

  • Obi - Culto de Orisa e ancestralidade

  • Orogbo - Culto a Sango e outros Orisa

  • Awose Olomi - Vidência através da água

  • Awose Alaso - Vidência através da roupa de Egungun

  • Oju Egungun - Pêndulo usados pelos Oje no culto de Egungun

  • Orisa Apepe - Uma esteira usada como oráculo


O oráculo dentro de nossa crença tem justamente este objetivo: Orientar, para que uma situação possa ser transformada ao nosso favor, favorável ao objetivo individual, para que possamos cumprir o nosso pré destino.


As mensagens do oráculo são sagradas e certeiras e não dependem da intuição do olhador para serem transmitidas, justamente porque a intuição humana pode sofrer interferências das emoções do olhador.


O oráculo pode e deve ser consultados em momentos cardeais, em que precisamos de um norte para prosseguirmos nossa caminhada, assim como para vencer desafios. Uma palavra, um presente do mundo sagrado para nós, como uma chave que abrem possibilidades.


Um novo ciclo pessoal como um aniversário, um casamento, o início de um novo trabalho ou promoção, ou a perda de um. Assim como uma gestação, um momento de paralisia, a descoberta de uma doença, um embate ou encruzilhada em nossas vidas. Esses são momentos primordiais da nossa existência, que merecem orientações para que não percamos o compasso do tempo, avisos importantes e oportunidades, para que seja possível desfrutar da felicidade da vitória.


É uma ofensa ao sagrado banalizar essa fonte de sabedoria com perguntas torpes que podem alimentar os ajoguns com fofocas, brigas e intrigas. Dentro do Odù Ika Ofun, temos lições básicas de que não devemos buscar Ifá com maldade em nossas corações. Lembrando que maldade é diferente de sobrevivência e muitas vezes deixamos esse julgamento nas mãos de Esu e Ifá.


Quando o sacerdote consulta o oráculo ele SEMPRE trará dois pilares para o consulente:


  • Orientação de comportamento e alertas

  • Liturgia espiritual com objetivos que podem transformar a situação, evitar ou proteger.

Ambas DEVEM ser seguidas.


Se você faz uma consulta oracular por curiosidade e não segue os dois pilares, NÃO HÁ um castigo. Sempre gosto de frisar isso aos meus filhos e clientes. Mas se você está remando rumo ao barranco, é lá que você vai cair. Mas se você segue as orientações e o oráculo lhe disse: Reme mais devagar e faça o ebó, e você assim o faz. Pode ter certeza que ao remar mais devagar, você terá mais tempo para pensar e fazendo um ebó, o tronco de uma árvore pode cair na sua frente, lhe amparar, impedindo que você vá rumo ao abismo. Se você só faz o ebó, mas não rema mais devagar (alusão ao comportamento) pode ser que quando o tronco da árvore caia, você já tenha passado.



PERGUNTAS COMUM:


Existe um tempo mínimo ou máximo para que as recomendações litúrgicas sejam feitas?


R: Sim.


Voltando para o exemplo da barragem. Você concorda comigo que a vida continuará tomando seu prumo e a água continuará correndo, certo? Então o quanto antes for feito melhor. Há casos de versos em Ifá que é determinante que o ebó seja feito até no mesmo dia. Há uma crença yoruba que a pessoa tem 5 dias, outras creem em 21.

Depois de 6 meses que eu fiz a consulta, posso fazer o ebó?


R: Eu aconselho que seja feita uma nova consulta.


Qual a diferença entre os oráculos? Algum é melhor?


R: A minha opinião e a do Oluwo Sérgio Borges é de que nesse momento, a diferença vai estar na capacitação do olhador e não no oráculo. Os oráculos integralmente oferecem todos os elementos para propiciar uma solução para o consulente. Neste momento os fundamentos e conhecimentos são essenciais e fazem a diferença.


______ x _____


Estou há alguns anos afirmando que para ser Babalawo de ofício, é preciso mais do que 3 viagens para a África. No meu Canal no Telegram, inclusive, falei sobre os atributos mínimos que formam um Sacerdote de Ifá.


Neste texto cito aos leitores do Meu Coração Africano um Babalawo brasileiro que possui vivência e experiência em terras Yoruba.


Tenho certeza que com o apoio nos textos do Oluwo Ifagbamila, esta série falando sobre os propósitos de vários rituais da Religião Tradicional Yoruba, irá elucidar ainda mais o seu conhecimento sobre essa religião tão simples, complexa e misteriosa. Apoio e consulta para a construção de partes deste texto - Oluwo Ifagbamila Onifade


O próximo texto desta série, será sobre O VALOR E OS PROPÓSITOS DE UMA INICIAÇÃO EM ORISA.


Se você acredita que este texto pode fazer a diferença na vida das pessoas do seu meio: compartilhe! Se você acredita que ele pode fazer a diferença para alguém em específico: encaminhe para essa pessoa! Um coração agradecido é sempre maior.

Ọ̀nà’ re o - (Um bom caminho para você)

Ìyá Ṣọlà Ẹgbẹ́kẹ́mi


Facebook:https://www.facebook.com/ifasola.sowunmi.9/

Instagram: https://instagram.com/ifasola_egbekemi?r=nametag

E-mail: contato.ifasola@gmail.com

Whatsapp p/ agenda de consultas e palestras (61) 98117 4614