• Ìyá Ṣọlà

Sacerdócio, terra fértil para narcisistas




Final de Dois mil e vinte dois e ainda há devotos que se sentem ‘presos’ em uma casa de axé, estranhamente admirando aquele pai/mãe de santo, Babalawo, Olorisa, mesmo sabendo, em suas reflexões íntimas, que há ali algo que não é saudável e que deveria ir embora.


Tem horas que me pergunto:

São vítimas ou cúmplices?

Cegos ou acomodados?

Novembro de 2022 em uma consulta:


- Ìyá, tenho medo de sair da casa e el@ fazer algo contra mim e prejudicar meus filhos. - Mas vocês brigaram, para ter esse medo? - Não, é que el@ não gosta de perder membros da casa.


Qual a moral que nós temos pra falar de sacerdotes de outras religiões como pastores, padres e João de Deus que existem por aí?


Que droga de religião é essa? Me fala? Incluo aqui todos: Umbanda, Quimbanda, Religião Tradicional Yorùbá, Candomblé, Batuque e todos desse pacote.


A gente precisa aprender a ter um olhar crítico e observar um líder religioso. Sacerdotes merecem respeito sim, gratidão, empatia, mas é necessário colocar limite nas relações de ambos os lados. Sabe por que? Porque a gente nunca sabe quem de fato está ali.


"Me tornei sacerdote porque os Orixás fizeram dessa a minha missão de vida, para ajudar as pessoas." Desconfie do alecrim dourado que afirma isso, pois eu garanto para vocês que isso não existe. A minha pergunta é: Por que as pessoas adoram criar e acreditar em semi-deuses humanos? Preste atenção nas suas carências.


A Terra mais fértil para um Narcisista é sem dúvida a liderança religiosa. O Narcisista não é apenas o cara que vê apenas a si próprio, como aquela imagem se admirando seu reflexo num lago, o Narcisismo é uma doença e livrar-se de um Narcisista é tão difícil como se salvar de areia movediça com o corpo cheio de graxa.

Conheço pessoalmente alguns líderes de casas de religião Afrodescendentes que são como um polvo, e te convido a pensar e analisar com base neste texto escrito com bases científicas: Você conhece algum sacerdote ou sacerdotisa Narcisista?


Vale ressaltar novamente que de acordo com a Sociedade para o Estudo Científico da Psicopatia, o narcisismo é um sintoma da psicopatia (Psicopata)


Deixa eu esclarecer então:


Psicopata: as características típicas incluem ausência de culpa empatia e apego aos outros - obviamente tudo isso embalado e disfarçado de charme superficial - e narcisismo. Comportamentos comuns incluem atos desonestos e manipuladores, mas como são inteligentes, poucos percebem ou sabem. Uma pessoa não precisa ser violenta para ser rotulada como psicopata.


Agora a estrela do nosso texto:


Narcisista: é um distúrbio psicológico caracterizado por padrão persistente de grandiosidade, fantasias de poder ou importância ilimitada - Penso imediatamente naquelas roupas, da pompa, das cadeiras enoooormes e de toda a bajulação... -, a necessidade por direitos ou tratamento especial, necessidade de admiração e falta de empatia - a falta de empatia é mascarada até por lágrimas. Muitas vezes podem ter características que incluem a impulsividade e volatilidade. Persuasivos, envolventes e no início sempre falam exatamente o que você em seu íntimo quer ouvir.



Provavelmente você já cruzou com muitas pessoas assim em seu caminho mas nem sempre teve a chance de perceber pq muitas vezes é necessário tempo para convívio e ter em mente as características do narcisista psicopata (sedutores, manipuladores, ausência de empatia, necessidade de admiração, exagera as conquistas, espera ser reconhecido como superior sem realmente concluir as conquistas etc etc).

Empréstimos em nome dos filhos ?

Se envolver sexualmente com filhos a perder de vista? Um… dois… três e contando. Fazer você se sentir um cocô de Igbin e ainda fazer você adimira-l@. Tem no menu também!

Aqui no Brasil, para muitos, o sacerdócio virou sinônimo de poder, luxúria, dinheiro e a falsa ilusão de ser o verdadeiro iluminado divino. Eles acreditam que são viu!!! Portanto, o sacerdócio é um dos lugares que mais veremos pessoas assim (narcisistas psicopatas) pois se torna o esconderijo perfeito para eles, e eles adoram isso.

Oras, pq? Vou explicar...


Aquele que está na posição de sacerdócio possui responsabilidade pelo outro. Afinal de contas ele(a) está manipulando energias ( mesmo que seja apenas uma encenação) e guiando aquele cliente ou filho através de conselhos e rituais para que a vida daquela pessoa ‘entre no eixo’ e/ou para que aquela pessoa consiga ter uma autopercepção de si.

Agora imagina que esse(a) sacerdote seja um narcisista psicopata.

Para ele(a) quantos mais ‘súditos e seguidores’ e pessoas que inflam o ego, melhor. Ah! como são persuasivos, te convencem sempre a fazer exatamente o que eles querem, e se acham os maiorais em tudo o que fazem e falam. Gostam de expor seus feitos, contar histórias mirabolantes do seu poder dado pelos Orixás, em como sabem manipular energia X e Y, a todo momento mostrando suas qualidades, sejam elas verdadeiras ou não. Isso tudo como forma de te fazer cativo, te seduzindo para poder futuramente tirar o que quiser de você. Num primeiro momento eles fazem com que você se sinta especial e insubstituível. Se você não tiver nada a oferecer a ele, ao ver dele você será apenas um membro da platéia, que alimenta a sua necessidade visceral em ser admirado, idolatrado e fazer muitas pessoas de trouxa. É sempre por ele, e nunca pelo outro.

Te passam extrema segurança e falam exatamente o que você quer ouvir, usando sua fragilidade e/ou necessidade - muitas vezes moldada por nossa própria vaidade, a sua vaidade é a arma dele - para te manipular e manter por perto, te sugando ao máximo, tirando absolutamente tudo de você, sem remorso algum.


Você fica preso naquela situação e lugar, muitas vezes sem conseguir se desvencilhar ou perceber que aquele(a) sacerdote não é tão bom quanto aparenta ser, o verdadeiro lobo em pele de cordeiro. Isso pode levar meses, anos a fio.Ele quer seu aplauso e bajulação, porém para ele você é somente um objeto que é explorado para que ele(a) alcance seus próprios fins. E quando não tiver mais nada que ele(a) possa tirar, você é descartado, trocado por uma nova presa ou novas pois ele gosta de número. Já não receberá atenção como antes, a sua espiritualidade não importa mais, muitas vezes é ignorado ou até mesmo motivo de chacota ou fofoca (e isso sempre começa com o sacerdote fazendo piadas ou falando de você para terceiros), sem contar que ele adora ver conflitos, ver o circo pegar fogo e depois sair de bom/boa moç@. Ele(a) não se importa com você e faz isso também em seus relacionamentos afetivos, as pessoas são apenas mero objetos.

E o estrago na sua espiritualidade e fé? Incontáveis os casos de pessoas que tiveram a fé dizimada por esses ditos sacerdotes. Você perde a fé em si, acha que nada dará certo se não for através daquelas mãos, se torna dependente. Os danos causados a sua espiritualidade também são incontáveis pois na maioria das vezes essas pessoas não tem conhecimento tão profundo quanto elas dizem ter e quando eles não sabem, eles invetam rituais - LEIA ESSA ÚLTIMA FRASE NOVAMENTE - fazem a meia boca, mas como tem lábia, uma certa sedução e manipulam como nenhum outro, acabam se passando por grandes ‘feiticeiros’ - RISADAS IMATURAS DO LADO DE CÁ - Sem contar os inúmeros rituais que sempre são necessários para arrumar isso ou aquilo na sua vida, nunca tem fim. $$$$$$ E a sua vida? Paradinha, o que vc conquistou é mérito seu.


Por isso é tão importante você se auto conhecer, ter um Orí fortalecido e se cuidar psicologicamente. Pois quando você tem domínio e conhecimento de si, dificilmente cai em tal armadilha. Não fique a mercê de usurpadores de fé e manipuladores de mentes. Normalmente aqueles que são mais passíveis de caírem nas garras desses estelionatários são pessoas que estão passando por dificuldades e estão perdendo a esperança, pessoas com o Ori em desequilíbrio, que estão carentes, possuem a ausência de/dos pais, e/ou estão psicologicamente machucadas e buscam uma orientação.


Compreenda: A SUA fragilidade é a arma dele(a), serão como sanguessugas, parasitas e viverão sendo alimentados pela bajulação. Entenda que são muito inteligentes e se há falta de culpa, há ausência de ìwà, de caráter e isso é uma doença SEM CURA.


Portanto cuida-se em primeiro lugar, seja responsável consigo mesmo. Ao identificar, a única coisa a se fazer é afastar-se de uma vez e para sempre, pois eles são determinados a sempre te convencer o quão maravilhosos eles ou elas são e como você precisa del@s.


Cuide do seu Ori, da sua mente, se conheça, cuide de suas carências e necessidades afetivas, busque ajuda psicológica caso seja necessário. Religião nenhuma, nem sacerdote nenhum irá curar isso em você, tenha certeza disso. E aqueles ditos líderes que prometerem isso estarão mentindo.


Preste atenção nas relações pessoais dele ou dela, se são saudáveis ou tóxicas, mesmo de maneira velada. Como ele trata a esposa/esposo? Fique atento as encenações e como passam de um relacionamento para outro sem NENHUMA responsabilidade afetiva. El@s normalmente tem várias relações com filhos da casa simultaneamente na surdina, sabem disfarçar como ninguém e amam essa situação do perigo e estar fazendo a todos de idiota, pois eles sabem criar dependência emocional. Observe como tratam a família, esposa/marido/filhos e como querem ser SEMPRE o centro de tudo, além de adorarem ser vistos como salvadores.


O Narcisismo é uma doença como já dito, que se alimenta da fragilidade do outro, e usa inúmeras vezes do que chamamos de Gastlighting e sempre confunde a sua cabeça e te faz sentir culpado, enquanto ele(a) é impecável e poderos@. A mentira é crônica e todos aqueles que os desmascararam são crucificados e reduzidos a pó de cemitério, enquanto eles foram vítimas. Tadinh@s!


Para pensar veja uma lista de características para te ajudar na identificação, e caso identifique, apenas vá embora, assuma os prejuízos e recomece sua vida, acredite, será libertador!!!

Traços do narcisismo:

Um padrão generalizado de grandiosidade (fantasia ou comportamento)

necessidade de admiração e falta de empatia (disfarçada) Inteligentes

Tem um senso grandioso de auto-importância (por exemplo, exagera as conquistas, espera ser reconhecido como superior sem realmente concluir as conquistas)

Está preocupado com fantasias de sucesso, poder, brilho, beleza ou amor perfeito.

Acredita que são "especiais" e só podem ser compreendidos ou só devem associar-se a outras pessoas (ou instituições) especiais.

Requer admiração excessiva.


É explorador e tira vantagem dos outros para alcançar seus próprios fins.

Mentiros@ Manipulador

Muitas vezes tem inveja dos outros ou acredita que os outros têm inveja deles.

Mostra comportamentos e atitudes arrogantes.

Ilude as pessoas para ter controle sobre elas, através de medos ou promessas.


Pensa aí!

Não existe palhaço sem plateia.

A gente pode melhorar a nossa religião. Então compartilha em todos os canais que puder, assim podemos juntos salvar literalmente vidas.



Èsùyemi Egbeyemi e Ifásolà Egbekemi


Referências bibliográficas:

American Psychiatric A, American Psychiatric A, Force DSMT. Diagnostic and statistical manual of mental disorders: DSM-5. Washington, DC: American

Psychiatric Association; 2013.

Gunderson JG, Ronningstam E. Differentiating narcissistic and antisocial personality disorders. J Pers Disord. 2001 Apr;15(2):103-9.

Dixon-Gordon KL, Whalen DJ, Layden BK, Chapman AL. A Systematic Review of Personality Disorders and Health Outcomes. Can Psychol. 2015 May;56(2):168-190.

Bouizegarene N, Lecours S. Verbal Elaboration of Distinct Affect Categories and Narcissistic Personality Disorder Features. Psychoanalytic Psychology. 2016 No Pagination Specified.

Murphy C, Vess J. Subtypes of psychopathy: proposed differences between narcissistic, borderline, sadistic, and antisocial psychopaths. Psychiatr Q. 2003 Spring;74(1):11-29

Ronningstam E. An update on narcissistic personality disorder. Curr Opin Psychiatry. 2013 Jan;26(1):102-6.

Kacel EL, Ennis N, Pereira DB. Narcissistic Personality Disorder in Clinical Health Psychology Practice: Case Studies of Comorbid Psychological Distress and Life-Limiting Illness. Behav Med. 2017 Jul-Sep;43(3):156-164.

BANNER LATERAL.jpg